Codificação no YouTube

Depois de indicar podcasts e livros nos últimos posts, vou listar alguns canais que acompanho no YouTube para programadores e profissionais da tecnologia.

Uma boa maneira de aproveitar o pós almoço é acompanhar novidades, relatos, dicas práticas e tutoriais em vídeo de profissionais com experiências diversas.

Alura

Depois dos livros (Casa do Código), cursos (Alura) e podcast (Hipsters.Tech); o recente Hipsters Ponto Tube pretende virar a referência tech nacional no YouTube.

Conversas sobre tecnologia, design e negócios digitais com quem vive e entende.

Para mais vídeos do canal, clique aqui.

Código Fonte TV

Casal que aborda o mercado e mundo da programação. No canal eles: contam suas experiências; apresentam o #DicionárioDoProgramadorfazem mão no código; resenham dispositivos diversos e visitam eventos e congressos nacionais.

Para mais vídeos do canal, clique aqui.

Curso em Vídeo

Gustavo Guanabara é um professor e podcaster que sempre produziu conteúdo útil e criou o Curso em Vídeo com aulas gratuitas em tecnologias diversas.

Canal possui playlists com cursos completos para iniciantes em Java, Lógica de Programação, Word, HTML5, PHP, Photoshop, MySQL, Python, Hardware e Linux.

Para mais vídeos do canal, clique aqui.

Filipe Deschamps

A cara juvenil de YouTuber esconde o conhecimento e boa didatica na abordagem de praticas de programação; scripts; games; front-end; produtividade e mercado.

Conheci recentemente e ainda vou assistir mais vídeos para um melhor veredito.

Para mais vídeos do canal, clique aqui.

Free Code Camp

Canal americano da comunidade sem fins lucrativos que ajuda pessoas a programar. Possui milhares de vídeos, artigos e grupos de estudos abertos.

Vídeos longos mão na massa que ensinam conceitos e como fazer das tecnologias do momento: React; Data Science; MongoDB; Node.js; Machine Learning; etc.

Além de tutoriais, fazem entrevistas e listam bons hábitos para programadores.

Para mais vídeos do canal, clique aqui.


As plataformas de cursos pagos são concorrentes para conteúdos mais técnicos e similares disponíveis no YouTube. Pois é mais rentável para produtores ter maior controle sobre os dados analiticos de acesso e renda por aluno.

Então, o desafio dos canais de tecnologia no YouTube é manter a frequência para fidelizar e produzir conteúdo abrangente. Algo ainda escasso no país.

Mais Sobre

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s