Gomorra | O Livro

Texto originalmente publicado no blog do Iradex.net e pode ser lido nesse link.


“Todos aqueles que conheço estão mortos ou estão presos. Eu quero me tornar um boss. Quero ter supermercados, lojas, fábricas e quero ter mulheres. Quero três carros. Quero ser respeitado quando entrar em uma loja. Quero ter armazéns em todo o mundo. E depois quero morrer. Mas morrer como alguém verdadeiro. Alguém que verdadeiramente comanda. Quero morrer assassinado.”

Esse pensamento é de um garoto italiano encarcerado por envolvimento criminoso com a Camorra. A máfia Napolitana que age na região da Campânia usando métodos violentos e uma organização empresarial que lhe faz ser conhecida como “O Sistema“. Substituindo muitas vezes “O Estado” na vida da população local.

livro-gomorra-roberto-saviano-D_NQ_NP_484021-MLB20698323500_052016-F

O livro-reportagem Gomorra, do jornalista Roberto Saviano, relata em detalhes o criminoso mundo dos negócios dessa máfia com ramificações em diversos países.

Sendo difícil distinguir quanta riqueza é produzida diretamente com sangue e quanta por meio de fraudulentas operações financeiras, contrabando e lixo tóxico.

Uma região portuária histórica com logística privilegiada para receber e distribuir diversas “mercadorias” pela Europa.

Uma disputa entre famílias pelo poder e dinheiro que lembra a Guerra dos Tronos com traições e muito derrame de sangue.

Uma desigualdade entre o luxo dos chefões com suas mansões contra a pobreza dos bairros onde recrutam seus “soldados”. Verdadeiras Cidades de Deus italianas.

Esses são os ingredientes que fazem essa história real difícil de ser digerida. Pois o crime fascina muitos jovens, recrutados inicialmente para pequenas atividades na organização até o momento de pegaram numa AK-47 para matar.

A arma que mais mata no mundo é destaque em um capítulo que relata o encontro de um admirador camorrista com Mikhail Kalashnikov, criador do rifle automático.

Aqueles que não se envolvem com o crime veem suas chances de trabalho diminuir ao dizer que nasceram na terra da Camorra. Caso do autor, que desistiu de ir trabalhar na Irlanda para escrever sobre o que sufoca milhares e destrói vidas. Hoje, ameaçado de morte, vive sobre a proteção da polícia em local desconhecido.

“Nasci na terra da Camorra, no lugar com o maior número de assassinatos da Europa. No território onde a violência está ligada aos negócios. Onde nada tem valor se não gera poder. Onde tudo tem o sabor de uma batalha final.”

Um livro brutal e perturbador mas fascinante e envolvente que mostra as entranhas do crime no sul da Itália e sua influência pelo mundo.

Sabe aquela roupa de grife italiana que muitos querem? Ela provavelmente foi fabricada em um galpão da Camorra pela mãe do garoto que sonhava virar o novo poderoso chefão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s