Black Mirror | IoT

hated-in-the-nation-episode-of-black-mirror

Assistindo a recente temporada da série Black Mirror (#doideira) e lendo artigos e notícias sobre Internet Of Things relacionados, questionamentos vieram a mente sobre a maneira como a tecnologia é usada pelo ser humano, e este se deixa usar?

Os benefícios que a tecnologia traz para o cotidiano das pessoas são muitos, facilitando tarefas e substituindo trabalhos manuais que demandam esforço e tempo.

Segundo Tidor, a Internet das Coisas conecta os humanos e as máquinas inteligentes através de uma troca constante, podendo prever padrões complexos para a mente humana e operar de maneira independente através de algoritmos adaptáveis e inteligência artificial. Propiciando aplicações diversas como estas:

O episódio “Hated In The Nation” apresenta uma convergência entre Internet das Coisas e comportamento nas redes sociais, levantando uma interessante discussão sobre efeito manada e como a informação (opinião?) pode ser usada (manipulada?).

Segundo a Netflix, a série é uma antologia de ficção científica que explora um futuro próximo, distorcido e altamente tecnológico, onde as grandes inovações humanas colidem com seus instintos mais sombrios.

Porém, voltando no tempo podemos citar diversas invenções e descobertas (avião, fissão nuclear, etc) que foram usadas para finalidades como extermínio e espionagem.

Ou seja, uma obra de ficção do futuro ou um espelho sombrio para o comportamento humano contemporâneo?

Um supermercado sem caixas e filas como o projetado pela Amazon é incrível, mas será que teremos confiança para deixar um carro automato nos transportar?

Referências e Links

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s